Reflexões sobre o coração do homem (7)

A contemplação é uma temática recorrente no patrimônio cristão, entretanto, parece-nos algo distante porque se apresenta sob uma roupagem de ser um caminho em que apenas renunciamos as possibilidades do mundo moderno para se abrir á uma beleza que nada diz ao homem contemporâneo. A dificuldade, porém, tem outra tônica quando a iluminamos pela perspectiva de que o dom de ser cristão é que não temos o direito de não aprender a permanecer na tensão fundamental Daquela estrada estreita que é por definição o Amor (Jo 14, 6). Assim a contemplação pode realizar-nos se em meio a frenesi da correria emprestarmos seu sentido: "conservar, na dispersão da vida quotidiana, uma união permanente com Deus. Esta é a finalidade: que na nossa alma esteja sempre presente a união com Deus e transforme todo o nosso ser" (Bento XVI, 06/10/06 – dia de são Bruno). Ótima semana!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

12 - O Deus escondido, o soberano sacerdote

Ato de Reparação ao Sagrado Coração de Jesus