Reflexões sobre o coração do homem (5)

Passamos considerável tempo na correria de nos encontrar em meio ás atividades cotidianas, entretanto, além de termos tarefa o tempo todo, tal busca pode ser mais fecunda se considerarmos que também podemos nos encontrar como um dom e aqui, é necessário acolher-se com todos os limites e possibilidades pessoais, sem recusar-se que desse vínculo harmônico entre dom e tarefa permanece o drama do exercício humilde de acolher a verdade, que ultrapassando-me chega a deitar suas raízes na lógica Amor: “Ele tornou-se aquilo que somos, para poder fazer de nós aquilo que era” (santo Atanásio de Alexandria). Ótima semana!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

12 - O Deus escondido, o soberano sacerdote

Ato de Reparação ao Sagrado Coração de Jesus