Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2013

Reflexões sobre o amor (7) - Santíssima Trindade

Imagem
Amigos... Apresento uma oração que a Beata Elisabete da Trindade escreveu provavelmente na noite do dia 21/11/1904 e que sob o olhar de Attílio Cancin no livro Obras completas da Elisabete da Trindade temos que ‘Esta oração da Beata Elisabete, mais conhecida como “Elevação à Santíssima Trindade”, é uma obra de síntese teológica trinitária mais profunda que uma pessoa humana possa ter escrito’. Eis alguns trechos: ‘Ó meu Deus, Trindade que adoro, ajudai-me a esquecer-me inteiramente de mim mesma para fixar-me em vós, imóvel e pacífica, como se minha alma já estivesse na eternidade. (...) Ó meu Cristo amado, crucificado por amor; quisera ser uma esposa para vosso Coração, quisera cobrir-vos de glória, amar-vos... até morrer de amor! (...) Ó Fogo devorador. Espírito de amor, “vinde a mim” para que se opere em minha alma como que uma encarnação do Verbo: que eu seja para ele uma humanidade de acréscimo na qual ele renove todo seu Mistério. E vós, ó Pai, inclinai-vos sobre vossa pobre …

Reflexões sobre o Amor (6) - PENTECOSTES

Imagem
Amigos... Neste último domingo celebramos Pentecostes e nos deparamos com a beleza do encontro do Espírito Santo com homens em lugares diferentes, sobretudo por que experimentaram distintas sensibilidades da alma (Jo 20, 19): o medo que isola-os num recinto e as paixões que formam um contexto que os intimida. Entretanto, Grecco cantou o drama desses encontros humanos á partir de um ângulo que apresenta-nos o essencial quando os “contrários humanos” parecem um campo de batalha sem um sentido em si: “Sim, todo o homem é bom. Todo o humano é bom. Toda face, olhar e matiz. Sim, todo o homem é bom. Sendo ele o que for. Forte, fraco, tristonho ou feliz. Todos os pobres, os livres, os nobres, os feios, os belos, os ricos também. (...) Mesmo que o mal ronde perto. E nos faça um deserto. Esse bem ficará. E uma gota do céu cairá. Sim todo o homem é bom. Todo o humano é bom. Se ele sabe entregar-se num Sim” (Todo homem é bom). Dessa forma bondade e sabedoria se encontram e se resolvem quando da …

Reflexões sobre o Amor (5)

Imagem
Amigos... No último domingo celebramos a beleza que partindo da Ascensão chega a iluminar todas as entregas humanas como que traçando um parâmetro de toda fecundidade de quem ama e isso porque “Um de nossa raça está dentro da Trindade, um de nossa raça é Senhor do céu e da terra, um de nossa raça é Senhor dos anjos, um de nossa raça está no topo de todas as coisas.” (Dom Henrique Soares no site Presbíteros) Uma entrega que carrega o drama de caminhar sob o olhar exigente do Amor de forma que “quem não carrega sua cruz e me segue não pode ser meu discípulo.” (Lc 14, 27) Uma relação tal que nos permite entrar no Seu tempo ao ponto de que a alegria (cf. Lc 24, 52) de quem se percebe nos terrenos do Amor chega a ser um dos discursos mais belos acerca da comunhão de quem sabe entregar-se sob a guia do Espírito. Isso é muito contrário ao medo que entrecorta os dramas humanos diante da necessidade de continuar a testemunhar o Amor mesmo quando não há mais razoabilidade da certeza de …

Reflexões sobre o Amor (4)

Imagem
Amigos... No último domingo o Evangelho expressou uma beleza que ilumina uma demanda muito cara em nosso mundo interior, trata-se de perceber que o Amor oferta uma paz que é diferente do mundo, como também de que ela nos alcança num momento que aparentemente somos deixados pelo Amado, entretanto, a alegria que brota nestas condições é própria de quem soube esperar (Jo 14, 28). Assim, uma questão que pode iluminar as dores do homem moderno é a maturidade que é gestada no coração de quem sabe amar nas “ausências cotidianas” e nesse sentido o padre Fábio de Melo soube poetizar tal drama quando expressou na música Ausência esta realidade do coração: “Fico então aqui a esperar. Permito-me perder neste sonho de te ver retornar.”; uma realidade que tem por vocação chegar a fazer-se em nossas dores uma oração que o mesmo padre cantou: “Te adorarei, Senhor, de todo coração. Te louvarei, te bendirei, te glorificarei, Senhor. E enquanto espero tua volta eu volto aqui. Te receber em mim eterniza …

YouCat no Seminário Cristo Rei

Imagem
Na tarde do dia 30 de abril, os seminaristas receberam pelas mãos do Arcebispo Metropolitano de Cuiabá Dom Milton Santos um exemplar do YouCat - o catecismo jovem. A menos de noventa dias para a JMJ 2013. 
"Estudai o Catecismo!
Esse é o desejo do meu coração.
Estudai o catecismo com paixão e perseverança!
Para isso, sacrificai tempo!
Estudai-o no silêncio do vosso quarto,
formai grupos de estudo e redes sociais,
partilhai-o entre vós na Internet!
Tendes de estar enraizados na fé ainda mais profundamente
que a geração dos vossos pais,
para enfrentar os desafios e as tentações deste tempo
com força e determinação."

Bento XVI