Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2013

Reflexões sobre os sentido da vida (1)

Imagem
por Seminarista Carlos Eduardo  Amigos... Quem assistiu “As aventuras de Pi” teve a oportunidade de se deparar com a busca existencial de um jovem que em meio as muitas demandas de sua vida, que partem desde aquelas ligadas a sua família até o interesse por questões de foro religiosa, nos permiti perceber que as coisas começam a se assentar quando Pi começa a sofrer por estar perdido em um barco com um tigre (Richard Parker) após um naufrágio. Nesse drama carregado de aventura em meio a muitas cenas belíssimas e algumas limitações no campo religioso ainda nos permiti entrever a imagem do homem que o tempo todo em meio a seus afazeres e credos lida com a questão do sentido da vida e no personagem principal do filme chega a exprimir uma tese que parece um verdadeiro milagre em meio a tantos contrastes por ele vivenciados: “Sem Richard Parker eu já estaria morto agora. Meu medo dele me mantém alerta. Atender as necessidades dele me dá um propósito na vida.” Tal se deve a capacidade de lei…

Reflexões sobre o amor (3)

Imagem
Amigos... No último domingo celebramos uma relação de amor e glória entrelaçada no texto joanino o qual não desconcilia a aparente fraqueza dessa realidade que pode ser compreendida na Cruz em que a Vida vence a Morte. O ponto de encontro é o coração do homem que se entrega nas tarefas cotidianas naquela mesma oferta do sagrado Coração perfurado. “Somente os corações regenerados em Cristo recriarão um mundo novo” (Serva de Deus Madre Maria Teresa Spinelli¹) e por isso tal coração já canta a Vitória que por ora contemplamos de forma imperfeita na esperança certa de que um dia a tensão “amor-glória” se desdobre na realização do “Sede santos como vosso Pai do céu é santo.” (Mt 5, 48) Queridos... O espaço por excelência do Amor que se entrega é a fraqueza de quem necessita ser amado e essa comunhão nos permite compreender o olhar sincero de dom Henrique Soares da Costa ao comentar o evangelho em questão: “Caríssimos, olhem para mim, olhem-se uns para os outros! Somos a car…

Quero o que quiserdes

Imagem
Por   Hélio Ferreira da Silva




REFLEXÕES        Caríssimos, estivemos nos últimos dias, 18, 19, 20 e 21/04/2013, em retiro proposto anualmente pela nossa Faculdade SEDAC (Studium Eclesiástico Dom Aquino Corrêa), e, por essa motivação, aqui vos escrevo na tentativa de expor de maneira simples algumas de minhas reflexões que, no tempo oportuno de Deus, nesse retiro, fui agraciado na meditação.        O que quero vos dizer é que algo me chamou atenção em uma das orações em ação de graças que nos é proposto no breviário (Oração universal atribuída ao Papa Clemente XI).
Quero o que quiserdes, porque o quereis, como o quereis, e enquanto o quereis.

      No meu caminho de formação no seminário em discernimento vocacional, confesso-vos que, quando, por muitas vezes, disse ao Senhor "seja feita a Vossa vontade" não o fiz com plena consciência de entrega. Deus quer de nós muito mais do que uma simples dimensão da nossa entrega.        Na oração acima podemos perceber quatro dimensões que comp…

Reflexões sobre o amor (2)

Imagem

Reflexões sobre o Amor (1)

Imagem
Queridos amigos... No último domingo celebramos o mistério da Misericórdia que nos ultrapassa, mas nem por isso temos o direito de não busca-la e isso é um verdadeiro drama que foi poetizado sob o olhar de Adélia Prado: “Amor, pra mim, é ser capaz de permitir que aquele que eu amo exista como tal, como ele mesmo. Isso é o mais pleno amor. Dar a liberdade dele existir ao meu lado do jeito que ele é.” Dessa forma temos uma perspectiva que é capaz de descer aos escombros da experiência humana mostrando-nos que o amor nos liberta quando há uma justa misericórdia em relação a quem amamos, entretanto “Se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis?” (Mt 5, 46). Assim o caminho indicado parece se abrir para o impossível de que o amor humano possa encontrar na misericórdia de Deus uma liberdade que atinge sua plenitude quando chegar a amar os contrários da existência com aquele Olhar de misericórdia, que é mais profundo que os meus limites e isso se realiza somente quan…